Arquivo do mês: novembro 2010

Sons e símbolos

Já ouviu falar do Alfabeto Fonético Internacional? Em inglês, International Phonetic Alphabet (IPA). É um sistema desenvolvido para representar graficamente os sons emitidos por todas as línguas do mundo. Cada som é representado por um símbolo.

É bem interessante e importante no aprendizado de um idioma. Sua utilização é relativamente simples. Veja as seguintes palavras retiradas do dicionário Longman:  FIND/ faɪnd / verb e FINE/ faɪn / adjective. Continue lendo


Heróis do Rio

O mundo acompanha a atual situação do Rio de Janeiro. Quem está longe pode até achar que estão filmando cenas de Tropa de Elite. Isso porque é difícil de acreditar no que está acontecendo.

A preocupação é com familiares e amigos que moram no Rio. Não compreendemos, aqui em Minas, a abrangência dessa “guerra”. Se os traficantes saem das favelas e vão para Continue lendo


Fim de semana

O cardápio mais comum numa reunião de amigos no Rio de Janeiro é o churrasco! Nesse fim de semana, por exemplo, fui convidada a comparecer a três. Imaginem isso: comer muita carne tantos dias seguidos! Quando digo carne quero dizer carne de boi, de porco, os vários tipos de linguiça, queijos, pão de alho, asinha de frango.

Fico bastante feliz quando há acompanhamentos: arroz, farofa, maionese, feijão tropeiro, salada. Mas, em muitas festas, isso não é comum. A primeira coisa a ser lembrada é a cerveja gelada. Depois a churrasqueira, à carvão ou elétrica (muito comum em pequenas áreas como apartamentos), e então a quantidade de carne a ser comprada.

A divisão dos afazeres é a parte mais interessante e complicada. Varia conforme o perfil dos anfitriões e o estilo das festas. Às vezes, cada um leva sua bebida, outras, um tipo de carne. O bom mesmo é quando a festa  é comemoração de aniversário ou de alguma conquista, o dono da festa é responsável por tudo e conta apenas com sua presença.

Conversando com alguns amigos, achei engraçado algumas situações. Churrascos em que apenas uma pessoa compra as coisas: cada um passa pra ela uma quantia em dinheiro. Normalmente, há algumas surpresas! Às vezes, a carne é pouca, outras, a cerveja tá quente. E quando os convidados são chatos, inconvenientes, pior ainda.

Existem os churrascos de pão: só tem pão de alho! Tudo bem que é gostoso, mas se é um churrasco, tem que ter carne! Eu gosto pouco de churrascos. Durante a semana, quase não como carne. E quando vou a uma festa dessas, parece que vou passar mal à noite, a digestão fica bastante lenta. Mas, aqui é assim, não tem jeito. Sempre tem um pra gente ir.

Espero que o próximo seja no ano que vem!


Comer, rezar e amar

 

Esse livro foi escrito pela jornalista e escritora americana Elizabeth Gilbert e possui cerca de 344 páginas. Teve uma aceitação tão grande que um filme sobre ele já está nos cinemas, estrelado por nada menos que Julia Roberts.

A escritora retrata a sua própria história. No auge de seus 30 anos, quando teve depressão depois de um divorcio sofrido e um novo romance complicado, ela decide mudar completamente sua vida.

Liz, como é chamada, resolve largar tudo. A vida estável e bem sucedida, sua casa e seu emprego como jornalista em busca da felicidade e em busca dela mesma. Ela resolve, então, Continue lendo


Vozes

No Meio Do Caminho
1930 – ALGUMA POESIA

No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.

Carlos Drummond de Andrade


%d blogueiros gostam disto: