Arquivo do mês: outubro 2010

A Rua da Feira

Todos a conhecem como “Rua da Feira”. É uma referência da região. “Fica ali perto da rua da feira, sabe onde é?”, “Rua da feira? Ah sim… agora eu me lembrei!”. Alguns dizem que fica num bairro, outras, em outro. Mas no sábado, bem cedinho, pela madrugada, a rua começa sua transformação até se tornar um lugar especial pra não dizer encantado.

Banana, flores, mamão, tomate, couve-flor, cheiro verde, pêssego, batata, alface, rúcula, couve, beterraba, abacaxi, melancia, morango, mandioca, brócolis, laranja, limão, kiwi, ameixa, repolho roxo, verde, quiabo, vagem, nabo, alecrim, arnica, gengibre, ovos, camarão, sardinha, roupas, cds, dvds, churrasquinho, guaraná, abobrinha, chuchu, jiló.

Pano de prato, ração, bolo, biscoito, suco de laranja, cebolinha, salsinha, alho, almeirão, rabanete, hortelã, louro, fruta-do-conde, ovos de codorna, cebola branca, roxa, pimentão verde, amarelo, vermelho, frango assado, queijo, maxixe, jabuticaba, cenoura, maçã, pêra, uva, batata frita, melão, espinafre, mostarda, pepino, berinjela*, pastel, garapa.

Movimentos, vozes, gestos, cheiros e encontros. Sacolas, carrinhos, balança, barracas, lonas, bancos, caixotes, caixas, calor, suor, passos, pernas, pés, braços, mãos, corpos inclinados, perguntas, respostas, sorrisos, risadas, versos, conversas, xepa e algo mais. Depois, tudo é desfeito, guardado, vira silêncio de carros, passantes, moradores, vizinhança, fim de semana.

*berinjela ou beringela
Anúncios

Dia Nacional do Livro

Nesta data, lembro-me da minha infância. Minha mãe era professora e desde cedo incentivou a leitura dentro de casa. Tenho duas recordações muito nítidas sobre o resultado da leitura desde criança e que é muito “fofo”. Uma é sobre minha irmã Letícia que, quando aprendeu a escrever, adorava sentar na mesa e pensar em histórias que viraram livros feitos à mão e com papel A4, como mostrados na foto ao lado. Ela queira ser escritora. E a segunda recordação é da outra irmã, Lorena, que aos 3 anos ganhou uma caixa com muitos livros coloridos. Meus pais sempre contavam essas histórias para ela. Quando num belo dia, ela pegou um livrinho e começou a ler, sozinha,  do jeito que meus pais contavam. Descobrimos, então, que decorou todas as histórias e relia para si mesma por meio das gravuras de cada página. Era impressionante como ela associou o texto com a ilustração. Adorávamos ouvi-la .

Você sabia?

O dia Nacional do Livro é comemorado em 29 de outubro porque é o dia em que a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, em 1810, depois da vinda da família Real para o Brasil. (Quer saber mais? Leia no site da Biblioteca Nacional ou do Pró-Livro)

 

A leitura torna o homem completo; a conversação torna-o ágil; e o escrever dá-lhe precisão.     Francis Bacon

Escrever é fácil: você começa com maiúscula e termina com ponto final. No meio você põe idéias.     Pablo Neruda

Se você rouba idéias de um autor, é plágio. Se você rouba de muitos autores, é pesquisa.    Wilson Mizner

Escrever é uma forma de colocar o meu mundo em ordem.     Patrícia Highsmith

Devemos escrever para nós mesmos, é assim que poderemos chegar aos outros.    Eugène Ionesco

 


Espera cotidiana

UM – Olá! E aí, como vai?

OUTRO – Tudo bem e você?

UM – Eu? Beleza! Correndo atrás… trabalhando muito… e você?

OUTRO – Também! Dois empregos! Pra pagar as contas…

UM – Nossa! Quanto tempo!

OUTRO – Perdão… é meu celular…

UM – Tranquilo…

OUTRO – Alô… sim… tô chegando… tchau

UM – Então… quanto tempo…

OUTRO – É mesmo. Muito! Casou?

UM – Já. Agora, são os filhos! Pequenos ainda, sabe? Muita responsabilidade…

OUTRO – É… sei como é… tenho sobrinhos. É diferente, mas dá pra sentir um pouco…

UM – Meu Deus! Nem sei quanto tempo tem que a gente se viu!

OUTRO – É… jovens ainda.

UM – Cheios de sonhos…

OUTRO – Deixa eu ver o número do ônibus… hum… ainda não é o meu…

UM – Quanta coisa a gente ia mudar, né?

OUTRO – é… fez faculdade?

UM – Nada! Somente aquele técnico mesmo!

OUTRO – Eu comecei, mas parei… corrido demais!

UM – é… muito mesmo! Mora no mesmo lugar? E sua mãe? Tá boa?

OUTRO – Tá ótima! Moro com ela ainda.

UM – Ah… isso é bom! E tá indo pra onde agora?

OUTRO – pro trabalho… e você?

UM – pra casa… é…

OUTRO – bom, acho que é meu ônibus… É sim… a gente se vê…

UM – tá bom… um abraço, hein? Dá um abraço na sua mãe!

OUTRO – tá… valeu… abraço…

UM – depois te ligo ou você me liga… a gente se encontra…. tchau.


Trainee, seja um

Experiência profissional. Essa é uma das principais preocupações daqueles que acabaram de se formar ou estão no último ano de faculdade. E uma das formas de se posicionar no mercado de trabalho é sendo um Trainee.

Esse termo tem origem em inglês e se refere a treinamento. Programa de Trainee é um processo de seleção de formandos e formados, geralmente até 2 anos, promovido por empresas internacionais e de grande porte. Eles passam por várias etapas, as mais comuns são – depois do preenchimento do currículo por meio da inscrição – prova de inglês, conhecimentos gerais e raciocínio lógico, dinâmica de grupo e entrevista individual com diretores da instituição a qual se inscreveram.

Após todo esse processo, os estudantes selecionados passam por um treinamento que varia entre 1 e 2 anos. Nesse período, eles conhecem a cultura organizacional da empresa, todas as áreas de atuação e adquire conhecimento profissional sobre o setor que trabalhará. Trabalham, principalmente, para que tenham, futuramente, posição de gerência.

Sendo assim, todos os interessados em ser um trainee devem ficar atentos ao período de inscrições. Geralmente, começam em agosto de cada ano. Para facilitar, existem vários sites que gerenciam essas inscrições. Por isso, segue alguns links em que poderá obter outras informações.

Empresas especializadas em Programas de Trainee

Entrevista do “Bom dia Brasil” sobre os programas de Trainee

Site: Trainee 2011

Blogs sobre Trainee:

http://quemquersertrainee.blogspot.com/

http://porquenaopassei.blogspot.com/

http://trainee2010.blogspot.com/

http://quemquersertrainee.blogspot.com/


Festa Fantasia? Quer uma sugestão?

Sábado, 30/10, acontece a versão 2010 da Festa Fantasia em Divinópolis. Apesar de ser um dia antes do Hallowen, a Festa Fantasia não exige traje  de monstros ou vampiros, ou seja, cada participante escolhe vestir o que quiser. Sendo assim e aproveitando para divertir, vamos brincar um pouco e sugerir algumas fantasias. Que tal?

Então, vamos pensar em fantasias para grupos de amigos, ou individual, algo do momento ou que nunca cai de moda. Se faltar alguma sugestão interessante, por favor mande-nos um comentário para acrescentarmos.

Fantasias do momento:

Avatar


 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avatar: para aqueles que gostam de maquiagem e queiram estar bem diferentes. Fotos: preparação do nariz estilo Avatar e o resultado final. Modelo e maquiadora: Letícia Chaves.

Restart: todo mundo bem colorido.

Tropa de Elite: cara de bravo e roupas camufladas ou escuras (pretas). Sem esquecer do brasão do Tropa.

Crepúsculo: Edward com seu topete, um pouco de maquiagem branca em todo o rosto eu pouco vermelha em baixo dos olhos.

Tiririca: não precisa nem falar, né!

Fantasias convencionais:


 

 

 

 

 

 

Vampiro: com criatividade pode-se fazer muita coisa diferente. Foto: Modelo e maquiadora: Letícia Chaves.

Turma do Chaves

Palhaço: Ideal para quem precisa de uma fantasia de última hora.

Mendigo: Também é muito fácil de fazer e ideal para a última hora.

Décadas de 50, 60, 70: Basta resgatar as roupas de nossos pais daquela época. É muito legal descobrir como eles se vestiam.


%d blogueiros gostam disto: